5 dicas para brincar com seu coelho!

De tão fofos, os coelhos já serviram de inspiração para muitos desenhos animados que atravessaram gerações. Pernalonga, Perninha, Roger Rabbit e o famoso Sansão da Turma da Mônica são apenas alguns exemplos. Porém, esses orelhudos não se limitaram a brilhar nas telinhas ou nos gibis e já fazem parte da família de muita gente. Se você já tem ou está pensando em ter um coelho, saiba que, como qualquer pet, exercícios e brincadeiras são fundamentais para a saúde física e mental desse bichinho. Eles são dorminhocos, então vale incentivá-los a se movimentarem. Para saber mais sobre o assunto, confira algumas dicas para você aprender a brincar com o seu amigo orelhudo:

1º dica: Observe os sinais Embora sejam domesticados há muitos anos, coelhos possuem características diferentes de animal para animal. Em geral, interagem com os seus donos, mas alguns podem ser mais arredios. Assim, ao tentar brincar com o seu pet, é importante ter bastante paciência e observar se ele aceitará ou não a brincadeira que está sugerindo. “Uma forma de ver se um coelho está interagindo é observar se ele anda em círculo em volta de você. Podemos dizer que isso equivale a um cão abanando o rabo para o dono”, comenta Salvador.

2º dica: Interação e bons modos Como a interação com o bichinho é bastante saudável, Salvador sugere que a comunicação e as brincadeiras comecem com carinhos, afagos e a oferta de petiscos como pedaços de maçã, banana, couve e alfafa. Já brincadeiras de correr, muitas vezes, podem assustar o coelho.

3º dica: o que usar na brincadeira? Alguns pet shops possuem brinquedos para coelhos, como móbiles e blocos de madeira tratada, entre outros. Também é possível utilizar produtos para cães e gatos, tomando cuidado para que não seja algo de plástico ou com peças soltas que ele possa engolir ou que possam machucá-lo.

4º dica: Brinque com originalidade Na hora da brincadeira também vale aproveitar o que há em casa. “Coelhos adoram se entocar e roer, então, tudo o que possibilite isso causará satisfação a eles”, diz o veterinário. Uma dica é usar rolos de papel-toalha ou de papel higiênico – aqueles que sobram depois do uso do produto. Eles adoram!

5º dica: Seja bem cuidadoso com ele “Nunca corra puxando o rabo ou as orelhas do coelho, pois ele pode se machucar ou entender isso como um predador dominando a presa”, alerta o médico veterinário. Além disso, quanto mais espaço livre o coelho tiver, inclusive na gaiola, melhor será a qualidade de vida dele. “Se puder deixá-lo o dia todo solto, melhor”, finaliza o especialista.

Fonte: Revista Meu Pet

Post anterior
Peixes sabem conversar
Próximo post
Como cuidar de seu hamster

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu