Ter hamsters demanda cuidados especiais

Saiba mais sobre a criação desse animalzinho fofo e muito independente

Fofinho, pequenino e independente, o hamster vem ganhando cada vez mais espaço como bichinho de estimação. Principalmente para quem não tem muito tempo e espaço para se dedicar a um pet, mas não abre mão de ter.

“São fáceis de criar, independentes, exigem pouca dedicação do dono, brincam sozinhos em rodinhas, túneis e outros brinquedos”, comenta a veterinária Daniela Mantovani Zangrande, do Cobasi.

Mas, apesar dessas facilidades, por ser um animal delicado e que exige cuidados especiais, a veterinária recomenda a supervisão muito próxima de um adulto, quando ele for dado a uma criança.

Vale lembrar também que hamster são roedores e, como tal, possuem hábitos noturnos. Então nada de querer atrapalhar o “sossego” do bichinho, acordando-o logo pela manhã, para acariciá-lo. “É à noite que seus instintos despertam. Como são curiosos, se ficarem soltos, eles vão explorar o ambiente, roendo e escalando onde puderem. Daí o cuidado em mantê-lo em local protegido, com gaiola”, alerta a veterinária.

Selvagens e domésticos 
Na hora de escolher, é necessário atentar para as várias espécies, entre selvagens e domésticas. Segundo a veterinária, as mais comuns são o hamster Anão-Russo, que inclui o Campbells e o Winter-White; o hamster Chinês, o Sírio e o Roborovski. “O que os diferencia, geralmente, são as cores, a presença ou não da cauda e o temperamento”, detalha.

Embora a independência dos hamsters seja algo positivo, para alguns donos, essa característica pode se tornar um problema se eles não forem bem domesticados. “Eles podem estressar-se na presença e com manipulação das pessoas. Caso contrário, tornam-se bichinhos bem afáveis”, ressalta Daniela.

Garanta uma dieta balanceada
Como têm tendência à obesidade, uma alimentação balanceada, que garantirá os nutrientes necessários para uma vida bem saudável, é imprescindível.

As rações são, geralmente à base de sementes de girassol, amendoim, milho, flocos de ervilhas. “Também se pode oferecer salsa, talos de couve-flor, biscoitos para cães, frutas secas e cenoura. E duas a três refeições diárias são suficientes”, ensina Daniela.

Nem pense em dar ao seu hamster cebola e alho, doces, manteiga, chocolate, queijo gorduroso, alface e biscoitos com corantes.

Cuidado, eles são delicados
Eles são fofinhos, mas, cuidado. Saber pegar um hamster é fundamental, já que eles são muito delicados. Até pequenos acidentes, como uma queda, podem ser graves ou até mesmo fatais. “Os melhores horários para ter contato ou acariciá-los é geralmente ao anoitecer, quando eles ficam mais atentos e se tornam mais agradáveis”, diz a veterinária.

Um hamster não requer muito espaço, mas o cantinho desses roedores deve ser limpo. Há uma grande variedade de gaiolas, de plástico e arame, com compartimentos e túneis. Até mesmo aquários são bem- -vindos para abrigá-los. “As caminhas mais usadas são lascas de madeira. A serragem pode irritar os olhos e causar problemas respiratórios”, explica Daniela.,

Fêmea entra no cio a cada 4 dias
Os hamsters são grandes reprodutores. Então, se esta não é sua intenção, melhor adquirir sempre animais do mesmo sexo. A fêmea inicia sua reprodução a partir de três meses de idade e o cio aparece a cada quatro dias. “A gestação dura em torno de 16 dias e, em média, nascem oito filhotes a cada cria. Ela tem a capacidade de se reproduzir até os 18 meses de vida”, detalha Daniela.

Fique atento também à saúde dos hamsters, que tendem a ter problemas intestinais, infecções e problemas nos dentes. “Se o animal estiver apático, com pouco apetite, diarreia, espirros, tosse ou secreção nasal ou ocular, procure um veterinário”, aconselha.

E lembre-se que, diferentemente dos gatos, que vivem até 20 anos, os hamsters serão sua companhia por apenas 2 a 4 anos.

Fonte: http://www.jornalacidade.com.br/

Post anterior
Guia prático da Chinchila
Próximo post
Como criar um Porquinho da Índia?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu