Extrusada x Farelada

As rações fareladas e microextrusadas são aquelas que normalmente predominam na produção de dietas para as fases iniciais da piscicultura.

O processamento serve para melhorar o valor nutritivo, a aceitação e a estabilidade da ração na água.

Dietas expostas á ação da água por algum tempo, antes de serem consumidas pelos peixes perdem valiosos nutrientes pela diluição da mistura e pela lixiviação dos nutrientes, implicando a necessidade de ser processada.

Ração farelada: mistura homogênea de ingredientes moídos. É usada devido seu baixo custo e possibilidade de preparo na propriedade aquícola, seu processamento é simples e de baixo custo.

Este tipo de processamento facilita a separação dos ingredientes da dieta e possibilita a seletividade pelas larvas e alevinos, o que acarreta em menor ganho de peso;

Apresentam maiores perdas dos compostos solúveis, devido à lixiviação dos nutrientes na água, proporcionam maiores perdas de vitaminas e minerais;

Baixa palatabilidade e digestibilidade;

O tamanho das micropartículas precisa ser adaptado ao tamanho da boca do peixe;

Pouca estabilidade na água.

Ração extrusada: é um processamento mais elaborado aos quais os ingredientes são submetidos à umidade, alta pressão, temperatura elevada e expansão da mistura de ingredientes produzindo peletes de baixa densidade que flutuam na água.

A adição de calor e umidade altera os componentes da mistura e melhora a digestibilidade do amido, proteína e lipídeo, causando redução do consumo;

Melhora a palatabilidade;

Evitam a seleção e rejeição dos alimentos e possibilitam a gelatinização do amido;

Apresentam alta estabilidade na água.Comparação do desempenho de alevinos alimentados com ração microextrusada de 1mm e ração farelada:

 

  EXTRUSADA FARELADA
Consumo ração (g) 433 1000
Peso médio inicial(g) 0,5 0,5
Peso médio após 11 dias (g) 8 5
Ganho de peso/dia 0,68 0,41
Conversão alimentar (CA) 0,65 1,5

 

As melhores médias foram encontradas em peixes alimentados com dieta microextrusada, o que indica melhora na disponibilidade dos nutrientes contidos nesta dieta.

Alevinos alimentados com dieta microextrusada apresentam melhor conversão alimentar e ganho de peso e proporciona mais ciclos de produção quando comparada a dieta farelada.

Post anterior
Qual é o habitat ideal para criar um jabuti de estimação?
Próximo post
O hábito alimentar dos peixes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu